Buscar
  • marketing40445

Ressecamento vaginal pós-parto: por que acontece e quando volta ao normal?

Com o turbilhão de hormônios, mudanças físicas e psicológicas que a mulher vive durante os nove meses, é esperado que seu corpo não esteja igual ao que era antes assim que recebe o bebê.

Como a maioria das alterações durante e depois da gravidez, o ressecamento vaginal tem origem hormonal. O sintoma no pós-parto acontece pela queda do estrogênio, hormônio que estava em alta na gestação e responsável pela lubrificação vaginal. A condição é ainda mais pronunciada nas mulheres que amamentam, já que o aleitamento também deixa o estrogênio em níveis mais baixos.

Existem fatores paralelos, como a função das glândulas lubrificantes, se ela faz uso de lubrificante durante a relação, além do fator psicológico – que interfere muito na libido, pois além do ressecamento a mãe terá menos vontade de iniciar a atividade sexual e, quando inicia, pelo estresse psicológico, a lubrificação é mais tardia.

Quando a lubrificação volta ao normal? Como já adiantamos, a retomada da lubrificação é gradual e pode estar relacionada à amamentação. Para a mulher que não amamenta, aos poucos o ciclo hormonal vai retornando e, a partir do momento em que passa a ovular – por volta de dois ou três meses depois do parto -, a quantidade de estrogênio volta aos níveis normais e o processo é revertido.

⠀⠀

Diretor Técnico Médico

Dr. André de Paula Branco

CRM 18011

#brigida #posparto #ressecamentovaginal #gestante #saudedamulher

fonte: bebe.abril.com.br

3 visualizações0 comentário